domingo, 8 de novembro de 2015

NOTÍCIAS SE SETEMBRO E OUTUBRO

                     SERÁ QUE TODOS QUE DESISTEM SÃO COVARDES?
Diante da situação econômica vivida no País, muitas pessoas deixam de contribuir com ações e projetos sociais, e não é porque não querem, é porque está difícil para todos! Desistiremos então?
Fomos incentivados a realizar um mini bazar beneficente para que alguns projetos da ONG Pão é Vida continuem acontecendo.
 O Bazar aconteceu na primeira quinzena de setembro de 2015 foram vendidas peças novas e usadas, por R$1,00 e 5,00, foi uma experiência válida, embora tivéssemos poucas peças.
Embora sejam muito bem-vindas as curtidas nas redes sociais, isso não faz  projetos funcionarem em uma sociedade capitalista.
Nos últimos meses, eu produzi artesanato com restos de tecido, latas, botões. Ganhei também algumas peças para o bazar.
Agradecemos a quem doou, e nos deu a autorização por escrito. Elas sabem do meu cotidiano e projetos que desenvolvo, e por isso, tiveram atitudes tão nobres. Agradeço imensamente a Deus, meus amigos e ao meu esposo.
  NÃO DEIXE MISSÕES SER A HISTÓRIA DE TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM E NINGUÉM.

Esta é a história de 4 pessoas: TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM.
Havia um trabalho importante a ser feito e TODO MUNDO tinha certeza de que ALGUÉM o faria.
QUALQUER UM poderia tê-lo feito, mas NINGUÉM o fez.
ALGUÉM se zangou porque era um trabalho de TODO MUNDO.
TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM imaginou que TODO MUNDO deixasse de fazê-lo.
Ao final, TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito...
Quando tomamos a decisão de atender ao chamado de Deus para vivermos como missionários no Semiárido Nordestino, não sabíamos o que viver como um missionário, significava exatamente. Com o passar do tempo e experiências vivenciadas aprendemos.
Lembro-me que pagávamos mensalidades na instituição de ensino durante todo o ano em que estudamos na Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo.  Havia outros missionários experientes que já conheciam a dinâmica de viver de tempo integral no ministério; eram acostumados desafiar pessoas para ofertarem para irem aos campos. Nós não sabíamos como era isso, e por vezes, algum professor nos perguntava se tínhamos mantenedores...  Quem bancaria nossos gastos no campo. Sentíamos vergonha de dizer que não tínhamos mantenedores. Perguntas difíceis aquelas…
Ao colocar nossos pés dentro do Motor Home para ir ao Sertão, depois de concluir estudos teológicos em São Paulo, não haviam pessoas ou instituições comprometidas com os gastos que teríamos, apenas algumas promessas.  Não sabíamos pedir nada, estávamos acostumados dar, nos doar... A Única certeza em nossos corações, era que havíamos sido chamados por Deus, e a preparação teórica para atuar na Seara havia terminado, era hora de fazer como Pedro, andar sobre as águas...
Ao longo de 2 anos nossas despesas eram pagas com nossas economias, fruto do nosso trabalho secular no Sul, e também renda advinda de um imóvel. Durante aquele ano que passamos em São Paulo, havia os gastos pontuais para viver e estudar em tempo integral numa megalópole. Estudávamos, manhã, tarde e noite... durante os últimos meses de 2004 também legalizamos a associação. Não foi fácil, então eu ficava meditando que, embora missões seja a única tarefa deixada por Jesus antes da sua ascensão, os cristãos por vezes fazem inúmeras coisas que Jesus não mandou fazer, e desprezam a ordem expressa de Cristo, missões!
Quando olhamos para o mundo ele está maduro para a ceifa, é quando a história de TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM faz realmente sentido...
Eu não vou, porque ALGUÉM deve ter ido, eu não contribuo, porque TODO MUNDO deve ter contribuído esse mês... QUALQUER um pode ir, porque tem de ser eu?
Se NINGUÉM vai, eu também não vou... E assim dizem amar a volta de Jesus em louvores cheios de palavras vazias... Jesus aprendeu obediência pelas coisas que sofreu... A humanidade por quem ele deu a vida, por vezes não quer sofrer nada, confundem alegria com felicidade e assim não experimenta o contentamento, não está disposta a deixar tudo e seguir o Mestre.
 CAPACITAÇÃO DO SENAR É REALIZADA NO SERTÃO DO MOXOTÓ - PE
Durante a semana de 28 a 31 de outubro 2015 foi realizada uma capacitação no espaço solidário da ONG Pão é Vida. A capacitação foi realizada com objetivo: Ensinar fabricação de linguiças com carne de ovinos e caprinos, e defumação de carnes. O curso chegou ao local com apoio do sindicato de trabalhadores rurais de Manari.

Sempre foi um sonho da ONG Pão é Vida, ver a população das comunidades do Sertão sendo capacitadas.

          EM 2015  O DIA DA CRIANÇA NO SERTÃO FOI ASSIM ...
Poder levar alegria e ver brotar sorrisos em rostinhos que vivem um cotidiano tão duro, é uma experiência que nos ajuda a sermos mais gratos. A ONG Pão é Vida contou com a parceria da Rota do Mar e de voluntários da PIB Santa Cruz e de pessoas de Recife para realizar mais esta ação. Somos imensamente gratos por cada voluntário que esteve conosco nesta ação. Um grupo de I.E.Q de Santa Cruz foi realizar um peça lúdica e 2 palhaços que fizeram alegria da criançada.
             

       SÃO PAULO E INTERIOR - A BUSCA POR PARCERIAS É CONTÍNUA
Não daria para colocar todas as fotos, então deixamos esta da Igreja Batista do vale das Virtudes, representando todas que nos receberam.
Durante o mês de agosto de 2015 fomos a São Paulo, interior e capital em busca de parcerias para dar continuidade ao trabalho social que realizamos com a ONG Pão é Vida aqui no Semiárido.
10 anos depois de iniciar nossa jornada de ter vindo morar no Nordeste, muito já foi feito, pode parecer pouco, se pensarmos na imensidão territorial desta região, mas para quem já foi alcançado ou abençoado com ações e projetos, significa muito, dizem eles.
Com o agravamento da crise econômica que assola nossa País, a solidariedade fica fora do orçamento da maioria, mas, o reino de Deus avança e despeito das crises. Agradecemos as igrejas que nos deram oportunidade de partilhar do que tem sido feito e dos desafios futuros. Em Ribeirão Preto, Campinas e Mauá - EM São Paulo: Vale das Virtudes, Jardim Monte Kemel (I. E, em Ferreira) foram locais que abriram as portas para compartilhar do trabalho realizado aqui.
                         PEQUENO GRUPO MULTIPLICADOR
 O desafio de fazer discípulos para Jesus está em curso, olha aí jovens após um estudo bíblico que acontece todas as sextas feiras nos lares. Nós não precisamos estar presentes para o grupo acontecer. Isto é multiplicação espiritual, como está em II Timóteo II,II.

 ESTAMOS EM MISSÃO, SE QUISER FAZER PARTE PODE ORAR, VIR AJUDAR, OU CONTRIBUIR FINANCEIRAMENTE COM A MISSÃO. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - AG: 1038 – OPERAÇÃO 013 – CONTA 9210-1 -  EM NOME DE JOANA D´ARC DE MEDEIROS HENZEL  - CPF. 028.159274-89 -  EMAIL: ronaldo_joanadarc@hotmail.com - CONTATOS (81) 99752 0140 (TIM) Claro (81) 99278 9315.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

NOTÍCIAS DE SETEMBRO E OUTUBRO 2015.

 SERÁ QUE TODOS QUE DESISTEM SÃO COVARDES?
Diante da situação econômica vivida no País, fomos incentivados a Realizar um mini bazar beneficente Para que alguns projetos da ONG Pão é Vida continuem acontecendo. 
O Bazar aconteceu na primeira quinzena de setembro de 2015. 
Embora sejam muito bem vindas as curtidas nas redes sociais, isso não faz um projetos funcionarem em uma sociedade capitalista. 
Nos últimos meses, eu produzi artesanato com restos de tecido, latas, botões. Ganhei também algumas peças para o bazar. 
Agradecemos a quem doou, e nos deu a autorização por escrito. Elas sabem do meu cotidiano e projetos que desenvolvo, e por isso, tiveram atitudes tão nobres. Agradeço imensamente a Deus, meus amigos e ao meu esposo, (Ronaldo) que poderia ficar descansando nesses dias, mas, pegou junto comigo para irmos no Motor Home e fazermos o bazar acontecer.

EM 2015  O DIA DA CRIANÇA NO SERTÃO FOI ASSIM ...
Poder levar alegria e ver brotar sorrisos em rostinhos que vivem um cotidiano tão duro, é uma experiência que nos ajuda a sermos mais gratos. A ONG Pão é Vida contou com a parceria da Rota do Mar e de voluntários da PIB Santa Cruz e de pessoas de Recife para realizar mais esta ação. Somos imensamente gratos por cada voluntário que esteve conosco nesta ação. Um grupo de I.E.Q de Santa Cruz foi realizar uma peça lúdica,e 2 palhaços que fizeram alegria da criançada.



CAPACITAÇÃO DO SENAR É REALIZADA NO SERTÃO DO MOXOTÓ - PE
Durante a semana de 28 a 31 de outubro 2015 foi realizada uma capacitação no espaço solidário da ONG Pão é Vida. A capacitação foi realizada com objetivo: Ensinar fabricação de linguiças com carne de ovinos e caprinos, e defumação de carnes. O curso chegou ao local com apoio do sindicato de trabalhadores rurais de Manari.
Sempre foi um sonho da ONG Pão é Vida, ver a população das comunidades do Sertão sendo capacitadas.





ESTAMOS EM MISSÃO, SE QUISER FAZER PARTE PODE ORAR, VIR AJUDAR, OU CONTRIBUIR FINANCEIRAMENTE COM A MISSÃO. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - AG: 1038 – OPERAÇÃO 013 – CONTA 9210-1 -  EM NOME DE JOANA DARC DE MEDEIROS HENZEL  - CPF. 028.1592789 -  EMAIL: ronaldo_joanadarc@hotmail.com - CONTATOS (81) 99752 0140 (TIM) Claro (81) 99278 9315.

NOTÍCIAS DE AGOSTO 2015

SÃO PAULO E INTERIOR - BUSCA POR PARCERIAS E VISITA AOS PARCEIROS

Não daria para colocar todas as fotos, então deixamos esta da Igreja batista do vale das Virtudes representando todas que nos receberam.
Durante o mês de agosto de 2015 fomos a São Paulo, interior e capital em busca de parcerias para dar continuidade ao trabalho social que realizamos com a ONG Pão é Vida aqui no Semiárido.
10 anos depois de iniciar nossa jornada de ter vindo morar no Nordeste, muito já foi feito, pode parecer pouco, se pensarmos na imensidão territorial desta região, mas para quem já foi alcançado ou abençoado com ações e projetos, significa muito, dizem eles.
Com o agravamento da crise econômica que assola nossa País, a solidariedade fica fora do orçamento da maioria, mas, o reino de Deus avança e despeito das crises. Agradecemos as igrejas que nos deram oportunidade de partilhar do que tem sido feito e dos desafios futuros. Em Ribeirão Preto, Campinas e Mauá - EM São Paulo: Vale das Virtudes, Jardim Monte Kemel (I. E, em Ferreira) foram locais que abriram as portas para compartilhar do trabalho realizado aqui.


 O desafio de fazer discípulos para Jesus está em curso, olha aí jovens após um estudo bíblico que acontece todas as sextas feiras no lares. Nós não precisamos estar presentes para o grupo acontecer. Isto é multiplicação espiritual, como está em II Timóteo II,II.

NÃO DEIXE MISSÕES SER A HISTÓRIA DE TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM E NINGUÉM.

Esta é a história de 4 pessoas: TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM.
Havia um trabalho importante a ser feito e TODO MUNDO tinha certeza de que ALGUÉM o faria.
QUALQUER UM poderia tê-lo feito, mas NINGUÉM o fez.
ALGUÉM se zangou porque era um trabalho de TODO MUNDO.
TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM imaginou que TODO MUNDO deixasse de fazê-lo.
Ao final, TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito...
Quando tomamos a decisão de atender ao chamado de Deus para vivermos como missionários no Semiárido Nordestino, não sabíamos o que viver como um missionário, significava exatamente. Com o passar do tempo e experiências vivenciadas aprendemos.
Lembro-me que pagávamos mensalidades na instituição de ensino durante todo o ano em que estudamos na Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo.  Havia outros missionários experientes que já conheciam a dinâmica de viver de tempo integral no ministério; eram acostumados desafiar pessoas para ofertarem para irem aos campos. Nós não sabíamos como era isso, e por vezes, algum professor nos perguntava se tínhamos mantenedores...  Quem bancaria nossos gastos no campo. Sentíamos vergonha de dizer que não tínhamos mantenedores. Perguntas difíceis aquelas…
Ao colocar nossos pés dentro do Motor Home para ir ao Sertão, depois de concluir estudos teológicos em São Paulo, não haviam pessoas ou instituições comprometidas com os gastos que teríamos, apenas algumas promessas.  Não sabíamos pedir nada, estávamos acostumados dar, nos doar... A Única certeza em nossos corações, era que havíamos sido chamados por Deus, e a preparação teórica para atuar na Seara havia terminado, era hora de fazer como Pedro, andar sobre as águas...
Ao longo de 2 anos nossas despesas eram pagas com nossas economias, fruto do nosso trabalho secular no Sul, e também renda advinda de um imóvel. Durante aquele ano que passamos em São Paulo, havia os gastos pontuais para viver e estudar em tempo integral numa megalópole. Estudávamos, manhã, tarde e noite... durante os últimos meses de 2004 também legalizamos a associação. Não foi fácil, então eu ficava meditando que, embora missões seja a única tarefa deixada por Jesus antes da sua ascensão, os cristãos por vezes fazem inúmeras coisas que Jesus não mandou fazer, e desprezam a ordem expressa de Cristo, missões!
Quando olhamos para o mundo ele está maduro para a ceifa, é quando a história de TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM faz realmente sentido...
Eu não vou, porque ALGUÉM deve ter ido, eu não contribuo, porque TODO MUNDO deve ter contribuído esse mês... QUALQUER um pode ir, porque tem de ser eu?
Se NINGUÉM vai, eu também não vou... E assim dizem amar a volta de Jesus em louvores cheios de palavras vazias... Jesus aprendeu obediência pelas coisas que sofreu... A humanidade por quem ele deu a vida, por vezes não quer sofrer nada, confundem alegria com felicidade e assim não experimenta o contentamento, não está disposta a deixar tudo e seguir o mestre.

  ESTAMOS EM MISSÃO, SE QUISER FAZER PARTE PODE ORAR, VIR AJUDAR, OU CONTRIBUIR FINANCEIRAMENTE COM A MISSÃO. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - AG: 1038 – OPERAÇÃO 013 – CONTA 9210-1 -  EM NOME DE JOANA DARC DE MEDEIROS HENZEL  - CPF. 028.1592789 -  EMAIL: ronaldo_joanadarc@hotmail.com - CONTATOS (81) 99752 0140 (TIM) Claro (81) 99278 9315.