segunda-feira, 4 de outubro de 2010

ENTENDA O PERIGO DO PDH3 E AS PRIORIDADES DO GOVERNO LULA

A "democracia" e "liberdade de expressão" a nova questão de saúde pública do governo Lula
Agora o PNDH3 está mais light, o aborto é considerado questão de saúde publica,   (ABORTO É UM CRIME CONTRA UM SER HUMANO INDEFESO E VIVO) enquanto pacientes com mal de Parkinson até poucos meses não tinham direito a uma cirurgia paga pelo SUS.
O ABORTO PODERÁ SER REALIZADO SEM FILA DE ESPERA. DUVIDAM?
Hoje um único hospital em nosso país todo faz a cirurgia, vocês imaginam que a fila de espera não deve existir!
Assista ao vídeo sobre o assunto no you tube
ASSISTA SOBRE O HOSPITAL QUE FAZ A CIRURGIA EM SÃO PAULO
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva autorizou a modificação de pontos polêmicos do Programa Nacional de Direitos Humanos PNDH-3. A nova versão do decreto foi publicada no Diário oficial da União desta quinta-feira, 13. O governo não defende mais o apoio a descriminalização do aborto, o novo decreto passa a considerá-lo como questão de saúde pública. O uso de Símbolos Religiosos em repartições públicas federais, não será impedido como estava previsto. Também foi suprimido o artigo que previa a regulação dos meios de comunicação, com a aplicação de multas e outras penalidades. Em relação a ocupação de áreas rurais e urbanas foi excluída a proposta de audiência prévia nos processos de reintegração de terras ocupadas.
A nova versão do PNDH-3, não faz duas referências diretas à ditadura militar. Foram modificadas a parte que tratava da produção de material didático-pedagógico sobre o regime de 1964-1985 e "a resistência popular à repressão". A nova redação também não mais propõe "identificar e sinalizar locais públicos que serviram à repressão ditatorial".
LEIA NO SITE DA BBC E ENTENDA PDH 3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SUA MENSAGEM AQUI